Escolas de Engenharia

Formandos em Engenharia da FEI desenvolvem projetos para atender às demandas do mercado automobilístico

Publicado em 20 de julho de 2017


Estudos garantem redução de gases poluentes, otimização de uso de combustível e manutenção do carro através de um aplicativo de celular

Formandos em Engenharia Mecânica do Centro Universitário FEI, produziram projetos de conclusão de curso que trazem soluções e novas ideias para o setor automobilístico. Destacam-se os projetos que garantem eficiência, redução de consumo de combustível e de emissão de gases poluentes, principalmente os de efeito estufa, como os projetos AcquaBoost e H2D. Já o projeto LF 420 realizou um amplo estudo sobre como otimizar o descarregamento de cargas garantindo e preservando a ergonomia dos funcionários. O projeto envolve um sistema integrado que utiliza bolsas de ar, sem comprometer o veículo e a carga.

Com o foco no aprimoramento de novas tecnologias, o projeto HY-P utilizou de ferramentas avançadas de engenharia para otimizar o projeto da transmissão de um veículo híbrido. Os resultados obtidos levam a um novo patamar de discussão sobre a evolução do sistema.

Já na área de Manutenção, um grupo de alunos de Engenharia Elétrica desenvolveu o Sistema Inteligente de Gerenciamento de Manutenção Automotiva, que permite ao usuário realizar toda a prevenção do seu veículo. O SIGMA é composto pelos seguintes módulos de hardware e software: central Eletrônica modular para o gerenciamento de dados e comunicação, interfaces modulares e expansíveis para a leitura dos sensores automotivos e aplicativo de smartphone (Android) para o monitoramento e interpretação dos dados apresentados ao usuário.

Saiba mais sobre os projetos: 

AcquaBoost –
O projeto apresenta a proposta da injeção de água no coletor de admissão de motores sobrealimentados, dotados de intercooler trabalhando no ciclo Otto e providos de injeção direta. O objetivo do estudo é o aumento da eficiência do motor, através da diminuição da temperatura da câmara de combustão. Como consequência, houve também a redução em emissões de gases poluentes, como NOx e CO2 e, atrelado a isso, um ganho de torque e potência durante toda a faixa de funcionamento do motor.

HY-P- O projeto consiste da otimização da transmissão de um veículo híbrido, que funciona com o motor elétrico, com o motor a combustão interna ou a associação variável de ambos. Os resultados apontam redução de 6,86% no sistema total de transmissão híbrida, o que garante uma aplicação mais viável e atrativa ao mercado.

H2D- O projeto tem por concepção a injeção de hidrogênio no sistema de admissão de ar do motor, visando à redução de consumo específico de diesel para veículos rodoviários pesados. Ao invés de armazenar as energias recuperadas do veículo em um banco de baterias conjuntos, que podem chegar a mais de 400kg em veículos pesados, o projeto propôs de forma inusitada utilizar a energia para gerar hidrogênio. Além de muito mais leve, foi alcançada a redução de 2% de consumo de diesel, o que garantiu, também, uma redução de 5,5% na emissão de gases poluentes, como o C0 e C02.

LF 420- O projeto envolve um sistema compacto leve de descarregamento de cargas em VUCs (veículos urbanos de carga). É composto basicamente por uma estrutura pantográfica articulada acionada por uma bolsa de ar, com esferas deslizantes em sua superfície para a movimentação para dentro e para fora do compartimento de carga, o baú do veículo. O projeto atua reduzindo os tempos de carregamento e descarregamento de veículos comerciais, e evitando o desgaste físico dos operadores, prevenindo contra enfermidades decorrentes de trabalho manual manipulando cargas pesadas e executando movimentos que prejudicam a ergonomia.

HD-PI Hole Detect-PI - Criação de mecanismo de controle de grandes vias de uso público a fim de comunicar a posição dos buracos e imperfeições, reduzindo o custo de operação e tempo de reparo das mesmas. O estudo utilizou como protótipo um carro de controle remoto equipado com módulos de acelerômetro e GPS, que coletam as informações das pistas e o posicionamento instantâneo das imperfeições.

SIGMA - Sistema Inteligente de Gerenciamento de Manutenção Automotiva - Criação de um sistema inteligente que realiza por meio de sensores e um aplicativo, monitoramento da manutenção automotiva do veículo.


Patrocinados

Comente no Facebook

Conheça a estrutura do Instituto e o que ele pode oferecer para você